Você tem medo do abandono? Aprenda como superar essa ideia

by
Tempo de Leitura: 3 minutos

O medo do abandono é uma das piores sensações do mundo, não é mesmo Modab Lovers? Se sentir sozinha, deixada de lado ou ser “trocada” são situações que assombram os piores pesadelos de muitas mulheres.

Porém, não devemos viver agarradas aos nossos medos e inseguranças se queremos ter uma vida plena, cheia de sonhos e realizações! Por isso, preparei dicas preciosas que vão ajudar você a superar de uma vez por todas o medo do abandono. Então, vem comigo mudar sua vida para melhor!

Trabalhar o apego é o primeiro passo para se livrar do medo do abandono

Um dos maiores erros é acreditar que amor e apego são sinônimos. Afinal, amar é o contrário de se apegar. Porque quem ama deixa o outro livre – para ficar ou para alçar outros voos.

Quem ama quer somente a felicidade, independentemente da distância física, das separações ou outras circunstâncias da vida. Sendo assim, o amor incondicional desconhece a posse, e somente existe pelo simples fato de amar sem fronteiras.

Não deixe de viver a sua vida para tentar “prender” alguém a você

A vida é feita de encontros e partidas. Tentar forçar alguém ficar com você é bloquear o fluxo natural da vida. É impedir a sua evolução e a evolução do outro.

Estamos todos de passagem e por isso ninguém fica para sempre nas nossas vidas (e está tudo bem!)

Por isso, se a vida afastar você de outra pessoa, seja grata pelos momentos vividos e deixe que o universo se encarregará do restante. Lembre-se de que o que é para ser seu sempre vai achar um caminho para chegar (ou se reaproximar) até você.

Você nunca estará sozinha! Por isso, não precisa temer o abandono!

O medo do abandono ocorre porque, muitas vezes, acreditamos que estamos sozinhas no mundo. Porém, saiba que você é amada por muitas pessoas: seus pais, familiares, amigas e amigos.

As leis do universo são perfeitas e amáveis. Por isso, ele sempre se encarregará de colocar as pessoas certas (na hora certa) para adentrar em seu caminho. Acredite e confie!

Aprender a amar a si mesma antes de tudo é fundamental para não ter medo do abandono

Quando descobrimos que somos suficientes, que a pessoa mais importante da nossa vida somos nós mesmas, nenhuma perda se torna dolorida. Pelo contrário! Se tornam lições importantes para o amadurecimento.

Dessa maneira, coloque-se sempre em primeiro lugar perante as partidas de outras pessoas. Aprenda a ressignificar as mágoas, as dores e o adeus. Afinal, a vida sabe quem traz, quem fica e quem sai.

Acredite na sabedoria que transcende o nosso ego e deixe a vida guiar seus passos e gerenciar suas companhias e afinidades. Por isso, faça a sua parte, entregue seu melhor, e aguarde a vida retornar aquilo que você merece. Esqueça o medo do abandono e entregue-se para a maior dádiva de todas: viver o hoje, o agora!

Gostou do nosso post? Então, não deixe de compartilhar o conteúdo com aquela amiga que está precisando ler essas palavras! Afinal, juntas somos mais fortes e unidas somos imbatíveis!

2 Respostas
  • Luci Franco Rossetto
    setembro 15, 2020

    Achei otima, mas sofro com medo, tive num casamento de 22 anos sofri muito, ele era muito violento, tiveos 1 filho, ele nunca gostou do menino, que hj é um homem de 35 anos, e em nosso último ano de casado, há 19 anos atrás, sofri muito, apanhei muito, mas consegui sair desta situação desse relacionamento, fui embora do país e fiquei 16 anos fora trabalhando como baba, conheci 5 paises e me aposentei, voltei ao Brasil fazem 3 anos, vivo no interior de SP E tento ser feliz com o pouco que tenho mas em paz, escondida com medo ainda, mas com medida protetiva sempre em alerta, com um pouco de medo.e tentando a cada dia ser feliz.

    • Bruna
      setembro 16, 2020

      Oi linda ❤️
      Fiquei emocionada com seu relato! Obrigada por compartilhar conosco a sua história!

O que achou desta dica?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *